PUBLICIDADE

Propaganda-02.png

Prefeito Leandro Maffeis vira o "Batman de Birigui" e prende ladrão

Após ser detido pelo prefeito, o suspeito foi levado pela Guarda Municipal até a delegacia de Polícia Civil.


Por Redação - Mantaro | 24/0/2021 • 09h35

Suspeito imobilizado por prefeito e detido por guardas municipais


O prefeito de Birigui, Leandro Maffeis (PSL), conseguiu deter e imobilizar um homem de 28 anos que havia acabado de furtar um aparelho celular em uma loja, na manhã desta terça-feira (23), na Avenida Nove de julho, centro da cidade. Maffeis passava de carro pela Rua Barão do Rio Branco, quando ouviu um: “Pega, ladrão!”. Ele, então, desceu do veículo e passou a correr atrás do rapaz, conseguindo detê-lo e imobilizá-lo até a chegada da Polícia Municipal, que algemou o homem e o levou à delegacia da Polícia Civil.


O comerciante Patrick Ribeiro contou que o homem entrou sorrateiramente em sua loja de conserto de celulares e, no momento em que se virou para atender um cliente, o rapaz pegou um celular e saiu correndo. Ribeiro disse que correu atrás do ladrão por dois quarteirões, quando o homem soltou o celular e continuou correndo.

“Já estava satisfeito por não ter tido prejuízo, mas ouvi alguém gritando bem alto: ‘Pega, ladrão’. Neste momento, vi um homem enorme de alto, com cara de bravo, que conseguiu agarrar o rapaz, “como se fosse o Batman de Birigui”, descreveu o comerciante em uma postagem no Facebook.

Só então ele percebeu que se tratava do prefeito. À Polícia, o homem confessou o crime e disse ter furtado o celular “na loucura” e que não tinha razões para isso. Ele contou à polícia que estava de licença médica por dois dias da empresa em que trabalha como cortador. O rapaz foi preso em flagrante e ficará à disposição da Justiça. O aparelho, que estava na loja para conserto, foi entregue à dona.

REDES SOCIAIS

Mantaro Branco.png

CATEGORIAS

SIGA-NOS

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2021 Mantaro - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo sem autorização.