PUBLICIDADE

Homem mata ex-mulher, foge com o filho e depois se entrega à polícia

Por Redação - Mantaro* | 16/09/2020 • 10h55

Um bombeiro civil é acusado de ter matado a ex-companheira, a faxineira Jaqueline Barboza de Oliveira, de 29 anos, a facadas em Penápolis, na noite deste domingo (13). Após o crime, ele fugiu com o filho do casal de seis anos e acabou se entregando à polícia, em Birigui (SP), na manhã de ontem (14).


A polícia apurou que o casal estava separado há menos de dois meses. A faxineira estava morando com o filho do casal, de seis anos, e uma filha, de outro relacionamento, de nove anos, em uma casa na avenida Domingos Vieira, no bairro Planalto.


A vítima foi socorrida por uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros e levada ao pronto-socorro de Penápolis (SP) mas não resistiu.


A outra filha da faxineira havia sido levada para a casa do pai e depois foi ouvida na delegacia. Ela apresentava arranhões no pescoço. A criança disse que a mãe havia sido atacada pelo padrasto. Sobre os arranhões, disse que ela própria se machucou porque ficou muito nervosa ao ver a mãe sendo atacada pelo acusado.


O corpo da faxineira foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Araçatuba, onde passou por exame necroscópico e depois foi liberado aos familiares. O sepultamento aconteceu ontem às 16h30, em Penápolis.


A polícia também apurou que o acusado fugiu e jogou a faca usada no crime perto de uma olaria na vicinal Francisco Salla. Depois foi de carro até Votuporanga, onde abandonou o veículo próximo a um trailer de lanches.


Ele fez contato com familiares e se entregou por volta das 6h30 de ontem na base da Polícia Militar em Birigui. O filho foi entregue a familiares e o caso segue em investigação.


Com informações Jornal Interior

REDES SOCIAIS

Mantaro Branco.png

CATEGORIAS

SIGA-NOS

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 Mantaro - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo sem autorização.